Como usar o Audience Insights para construção de personas de públicos.

No mês passado lançamos aqui no blog um infográfico apresentando o perfil dos usuários ativos no Facebook residentes no estado do Pará, informações que serão muito úteis para ajudar no planejamento de campanhas e até na argumentação de vendas dos profissionais locais. Os dados apresentados foram obtidos da ferramenta Audience Insights do Facebook.

A ferramenta Audience Insights foi criada pelo Facebook para criação de públicos personalizados para uso em anúncios, por meio dela é possível configurar o perfil que receberá o anúncio, verificar antecipadamente se há volume suficiente e salvar para uso em futuros anúncios. Existem vários artigos na internet explicando como fazer isso, porém eu irei abordar aqui como usar a ferramenta não só para criação de públicos personalizados como também para identificação dos interesses e comportamentos do seu público-alvo.

Orientações básicas:

Acesse o link facebook.com/ads/audience-insights e clique em “Todos no Facebook”, depois altere para a sua região de atuação.

informacoes do publico alterar cidade

Seu público macro:

Defina um público maior baseado em dados demográficos e alguns interesses. Esse público macro também pode ser os fãs da sua página.

Exemplo:
Cliente: Uma creche em Belém
Público macro: pais de crianças de 0 a 3 anos residente em Belém.

Anote a quantidade de pessoas do público macro e vamos para a construção da persona deste público no Facebook.

Perfis demográficos

Ainda na primeira aba (dados demográficos) é possível ver idade, gênero, relacionamento, nível educacional e cargo.

Páginas curtidas pelo público

Na aba página curtidas verifique quais os temas que mais aparecem entre as 30 primeiras páginas, verifique a proporção de fãs dessa página e anote tudo.

Se o público macro for muito pequeno não irá aparecer a lista de páginas, como foi o caso do nosso exemplo, no post 50 páginas com mais curtidas por usuários residentes no Pará apresentamos um exemplo de estudo usando essa função.

Comportamento Digital

Verifique os dados de navegação e comportamentos digitais mostrados na aba Atividade.

No exemplo analisado o público-alvo curtiu 30 publicações em média, a média geral do Facebook é de 18 curtidas.

Um dado muito interessante é que 65% do público-alvo acessou o Facebook nos últimos 30 dias apenas pelo celular e 33% usando celular e desktop. Com isso já sabemos que o conteúdo postado precisa estar apto a dispositivos móveis.

Teste hipóteses

No painel localizado na lateral esquerda digite interesses e comportamentos que você acredita ter relação com o público-alvo.

Qual o nível educacional?
Será que eles viajam com frequência?
Gostam de determinado estilo musical?
Tem interesse por algum esporte?

A cada teste anote os números e compare com o total do público macro para ver se o comportamento tem volume.

Marquei a opção “longe da cidade natal”, apareceu um total de pessoas entre 500 e 1K, o equivalente a 20% do total de pessoas, vamos procurar elementos com um quantitativo maior. Daí passei para interesses e obtive alguns:

Em filmes de ação – 1K a 1,5K
Em filmes de comédia – 1k a 1,5k
Em jogos de Basquetebol – 1K a 1,5k
Em jogos de Futebol – 3k a 3,5k
Em cães como animais de estimação –  1K a 1,5K
Em cerveja – 1k a 1,5k

Confesso que o número que mais me agradou foi de jogos de futebol (3K a 3,5k), um quantitativo bem próximo do total do público macro (4,5k a 5k), o equivalente a 70%.

Crie mais de uma persona

Aqui eu fiz com apenas uma única persona macro, mas o certo seria definir mais de uma:
Pais jovens
Pais empresários
Pais separados
Pai e mãe em cada categoria
E por aí vai.

A cada macro você faz todos os testes e no final poderá chegar numa resposta assim:

Pais de crianças de 0 a 3 anos em Belém
38% são homens, 62% são mulheres
Tem entre 18 e 34 anos
Gostam de jogos de futebol
Utilizam aparelhos Android e navegam no Facebook pelo celular

Não testei todas as opções disponíveis para este exemplo, combine o máximo possível de opções e tenha uma persona mais ampla do que apresentei neste perfil.

Agora é só começar a produzir conteúdo e testar, sim, não é uma verdade absoluta, mas um ponto de partida. Inclusive podes criar um público personalizado e criar anúncios para os novos conteúdos.

Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Multimídia. Diretor de Marketing e Produção da Yesbil.

Deixe um comentário