fbpx
Frase O uso do Google Trends no planejamento de conteúdo para datas comemorativas no fundo azul

O uso do Google Trends no planejamento de conteúdo para datas comemorativas

Quando começar a abordar uma determinada data comemorativa nas minhas mídias digitais? Essa é uma questão recorrente nas empresas e agências, principalmente quando a data tem um papel significativo na estratégia da marca. Entre os vários fatores envolvidos nessa decisão um é muito importante: o interesse do público. O profissional de marketing precisa descobrir quando os internautas começam a procurar informações sobre o assunto e o Google Trends é uma ferramenta muito útil para essa necessidade.

Para demonstração da ferramenta no estudo de datas comemorativas eu exportei os dados de buscas para a data comemorativa “páscoa” do período de 01 de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2019.

Para quem nunca usou a ferramenta antes, primeiro você precisa entender a lógica dela, o Google Trends não mostra o total de buscas, mas a proporção de buscas em relação à semana com maior busca. No exemplo coletado (2017 a 2019) a semana de pré-Páscoa de 2017 (08 a 15 de abril) obteve o valor 100, ou seja, ela é o nossa semana de controle. A semana anterior de 02 de abril de 2017 a 07 de abril de 2017 obteve o número 47, ou seja, ela teve 47% do número total de buscas da semana de Páscoa de 2017. Nos anos posteriores (semana de 25/03 a 31/03 de 2018 e semana de 14 a 21 de abril de 2019) ambas as semanas de páscoa obtiveram o total de 99, isso quer dizer que podemos fazer a leitura que o total de buscas da semana de Páscoa de 2019 foi equivalente a 99% do total de buscas da semana de Páscoa de 2017. Metodologia apresentada, agora vamos para o uso de planejamento de conteúdo.

Gráfico exibindo resultados de buscas, mais detalhes em https://docs.google.com/spreadsheets/d/14M4qe84XY_9c9VdQkMEjfJNevnJ0KOuT8gGn8dz9zhI/edit?usp=sharing

As semanas (neste gráfico) estão organizadas de domingo a sábado, então o dia de Páscoa de cada ano inicia em uma nova semana, sendo assim o pico de buscas ocorre na semana anterior, por exemplo, em 2019 o pico de total 99 ocorreu de 14 a 20 de abril e o domingo de Páscoa desse ano foi no dia 21 de abril.

Outro dado importante a ser observado é que na maior parte do ano as buscas ficam com total 01 ou menor que 01 e de repente inicia-se uma escalada previsível, que em 2017 começou 12 semanas antes da Páscoa, em 2018 e 2019 foi 13 semanas antes do dia da Páscoa. Sendo assim, os profissionais que atendem marcas em que Páscoa é a data mais importante já podem começar a publicar conteúdo em blogs e demais canais nesse momento, já as demais marcas podem esperar chegar 06 semanas antes, período em que as buscas ultrapassam o índice 10.

Para finalizar, mais um dado referente a buscas sobre a Páscoa, perceba que na semana de Carnaval já ocorrem muitas buscas sobre a data analisada, por exemplo, a semana de Carnaval dos anos 2017, 2018 e 2019 obteve índice 09, 08 e 11 respectivamente.

Curtiu a análise? Vamos às dicas finais.

Cada data comemorativa tem um comportamento diferente, não replique as informações obtidas com este estudo em outras datas.

O mesmo vale para regiões, se tiver um negócio local faça um estudo apenas com os dados do seu estado.

Lembre que cada mídia tem um comportamento e um propósito diferente, então mesmo que a tua marca tenha uma grande conexão com a Páscoa isso não significa que deves postar sobre Páscoa em todas as mídias, crie um plano de ação, por exemplo, podes começar com o blog, depois de algumas semanas passa para o Facebook, na semana da Páscoa coloca no feed do Instagram e no dia nos stories.

Estude temas relacionados como ovo de chocolate, semana santa, coelho da Páscoa etc. Cada tópico da data comemorativa tem um comportamento próprio.

Gostou! Acesse https://trends.google.com.br/trends/explore e divirta-se!

Se precisar de mais uma referência para começar, confira o nosso estudo de de pesquisas de comidas típicas paraenses publicado em nosso blog.

Deixe um comentário